IF YOU WANT,YOU CAN LISTEN MUSIC

domingo, 21 de setembro de 2008

O que Mestre Castro Infante - engºconstªnaval,pintor e poeta - diz sobre a minha pintura «Na pintura de Inês Dourado há a poesia da ronda das cidades e dos dias repletos de luz e de sombra. As cores cantam o casario numa carícia leve. Belas são as coisas que as mãos da pintora tocam em busca da sua verdade. Que essa verdade não vos escape.» (Castro Infante) Alargando o seu olhar para além da "ronda das cidades", Inês Dourado persiste na poesia colorida do silêncio e na transparência de conteúdos, apelando também para que não deixemos escapar as coisas belas do ser e da natureza: O azul do céu, do mar, os pôr-do-sol aqui e acolá nos seus poentes silenciosos e radiantes, o brilho da lua no silêncio da noite derramando luz num manto de mar de prata,a envolvênvia do ser na natureza. Enfim, a luz e a sombra e a busca da sua verdade dilata-se na “ronda da natureza e do ser”.

2 comentários:

Tentativas Poemáticas disse...

Olá Inês
Concordo plenamente com Mestre Castro Infante.
Parabéns pelo seu blogue e pelo magnífico trabalho artístico que compartilha connosco.
Um Abraço.
António

Inês Dourado disse...

Olá António
Muito obrigada pelo comentário e pelo elogio.Tento fazer um blog um pouco diferente do que é habitual. E, para além disso, junto o que é útil para mim - mostrar o meu trabalho - e, talvez, o que é agradável para quem o lê e vê.E
como também gosto de poesia - afinal ela é 'pintura falada'- resolvi servir-me dela para enriquecer a minha pintura.
Abç
I.D.